Möchten Sie zur deutschen Seite wechseln?JaNeina
Fechar
X
Compartilhar esta página
Press release
Home Appliances|Retail|Point of Sales Analytics|Portugal|Portuguese

Três forças motrizes que moldam o mercado dos Grandes Eletrodomésticos

04.09.2019

Apesar dos tempos difíceis para o comércio global, o mercado dos Grandes Eletrodomésticos (GE) apresentou um bom primeiro semestre do ano. O mercado gerou um crescimento no valor global de 2,7 por cento. Para a totalidade do ano, para o mercado global de GE, a GfK espera vendas totais de €182 mil milhões. Isso corresponde a um crescimento de 2 por cento. As principais tendências que contribuem para o crescimento são o desempenho/capacidade, a simplificação e as compras sem fronteiras. Estes são os resultados da GfK para o mercado global de GE que serão revelados na IFA 2019, em Berlim.

Estes são os resultados da GfK para o mercado global de GE que serão revelados na IFA 2019, em Berlim.

Há, no entanto, algumas tendências positivas, incluindo um forte crescimento na Argélia (+35 por cento), na Polónia (+12 por cento) e na Hungria (+17 por cento) onde os subsídios para dispositivos energeticamente eficientes impulsionaram o mercado húngaro. 

Após uma pausa no crescimento, no ano passado, o mercado alemão está atualmente a melhorar o crescimento dinâmico (+1,7 por cento), e permanece com um volume de negócios de €3,9 mil milhões no primeiro semestre de 2019, o terceiro maior mercado de GE do mundo.

Norbert Herzog, especialista da GfK para a indústria dos GE, comenta: «Definitivamente, o tamanho importa para os consumidores quando se consideram os grandes eletrodomésticos. A capacidade é um impulsionador de longo prazo de todos os principais mercados. Isso traduz-se em capacidades cada vez mais maiores de carga nas máquinas de lavar, em frigoríficos mais altos e mais largos, e em fornos com cavidades mais espaçosas. Como exemplo, as vendas de máquinas de lavar com 9 kg ou mais de capacidade cresceram em 24 por cento

Simplificar a minha vida

De acordo com o inquérito Vida do Consumidor da GfK, quase metade (52 por cento) dos consumidores concorda, de um modo geral, com a afirmação «Estou sempre à procura de formas para simplificar a minha vida». Assim, a redução do tempo necessário para realizar tarefas domésticas tem um valor essencial para os consumidores e, consequentemente, os eletrodomésticos inteligentes estão a crescer em popularidade. Com 13 por cento de crescimento no volume de negócios em 2019, as máquinas de lavar/secar são um excelente exemplo desta tendência. 

Uma tendência mais recente e substancial é a dos eletrodomésticos a vapor que originam diversos casos de utilização, desde a melhoria da secagem nas máquinas de lavar louça a menos rugas no tratamento da roupa e a uma cozinha mais saudável. Globalmente, os produtos a vapor saltaram para uma taxa de crescimento de 41 por cento no primeiro semestre de 2019. Atualmente, a China e a Índia estão a adotar esta tendência, o que vaticina futuros crescimentos.

Habitualmente, os eletrodomésticos inteligentes são equiparados com o benefício da simplificação. Todas as regiões revelam um forte crescimento nas vendas de eletrodomésticos inteligentes com uma exceção - a China. Olhando para o quadro global, excluindo a China, os eletrodomésticos inteligentes cresceram 18 por cento no volume de negócios. 

Para desenvolver este mercado, têm de ser abordadas as barreiras à adoção, tais como a falta de interoperabilidade entre eletrodomésticos inteligentes de marca, as preocupações dos consumidores sobre privacidade dos dados e a falta de casos convincentes de utilização. Os altifalantes inteligentes podem ter o potencial de dar resposta a algumas dessas questões e de tornar fácil no futuro o funcionamento do ecossistema de uma residência inteligente. 

As compras sem fronteiras são a chave para o sucesso 

65 por cento dos consumidores no inquérito FutureBuy da GfK dizem que se sentem com mais poder do que nunca na sua jornada de compra. Com o advento das vendas online, as compras 24/7 tornaram-se no novo normal e potenciaram as expectativas do consumidor sobre a experiência da compra. Consequentemente, os canais de compra tornam-se menos relevantes e a abordagem omnicanal é a chave do sucesso.

Mas o online é já um negócio maduro com 20 por cento de quota de valor do negócio total. Se excluirmos a China, as vendas online ainda estão a crescer a 11 por cento, mas a dinâmica está claramente a desacelerar. Se adicionarmos a China à equação, o crescimento é praticamente erradicado, dado que este primeiro motor do mercado estabilizou e, atualmente, apresenta uma diminuição de 5 por cento no primeiro semestre de 2019.

Conectar e promover o online face ao offline é a chave para melhor servir os clientes. Na Europa, as vendas online das lojas tradicionais reforçaram-se 39 por cento nos últimos quatro anos, ultrapassando o crescimento dos intervenientes online puros, que «apenas» cresceram 12 por cento. Isto demonstra a importância de criar experiências de vendas sem fronteiras.

Notas aos editores

A GfK recolhe dados sobre a venda de grandes eletrodomésticos, tais como máquinas de lavar roupa, máquinas de secar roupa, máquinas de lavar louça, frigoríficos, congeladores, fogões e fornos, placas, exaustores e micro-ondas em mais de 80 países em todo o mundo através dos seus painéis de retalho. A menos que indicado de outro modo, todos os números no presente comunicado de imprensa referem-se aos seis meses entre Janeiro e Junho 2019, inclusive. A taxa de crescimento, em percentagem, refere-se ao volume de negócios comparativamente ao período correspondente do ano anterior. Aqui, os grandes eletrodomésticos referem-se ao mercado, excluindo os aparelhos de ar condicionado. Todos os valores de volume de negócios no presente comunicado de imprensa baseiam-se numa taxa de câmbio fixa.

Durante a IFA 2019, a GfK irá publicar comunicados de imprensa relativos a TI, TV, Smartphones, Áudio, Pequenos Eletrodomésticos, Grandes Eletrodomésticos, Casa Inteligente, Compras Sem Fronteiras e ao Mercado de Bens de Consumo Técnicos. Mais informação disponível em https://www.gfk.com/press-room/.

Contacto: Julia Richter, T +49 911 395 4440, public.relations(at)gfk.com

Encontre a GfK na IFA em Berlim, 6 - 11 Setembro 2019:

Apareça e venha falar com os nossos especialistas na IFA NEXT Hall 26 e no gabinete da GfK na IFA (Nível 4, VIP2, Großer Stern). 

General