Möchten Sie zur deutschen Seite wechseln?JaNeina
Fechar
X
Compartilhar esta página
Press release
Retail|Technology|Point of Sales Analytics|Portugal|Portuguese

O mercado de computadores diminui ligeiramente no primeiro semestre de 2019

04.09.2019

A procura tem sido impulsionada pelos computadores de jogos e pelos notebooks finos e leves com designs sofisticados. Ainda que o mercado global de computadores tenha diminuído ligeiramente no primeiro semestre de 2019 (- 1,5 por cento para €23,2 mil milhões), o volume de negócios para computadores portáteis cresceu 1 por cento, alcançando quase €18 mil milhões. Por outro lado, os computadores de secretária e os AIOs caíram 10 por cento em valor e geraram €5,3 mil milhões.

Estes são os resultados da GfK para o mercado global de computadores que serão revelados na IFA 2019, em Berlim.

O mercado global para computadores de consumo enfrentou um enorme desafio no quarto trimestre de 2018 causado por uma escassez de fornecimento de processadores. Os seus efeitos ainda se fazem sentir em 2019, aumentando a pressão sobre o mercado global de computadores. Consequentemente, a procura por computadores portáteis diminuiu 5 por cento em unidades na primeira metade de 2019, o que se traduz em 27,5 milhões de computadores portáteis vendidos no mercado de consumo. Apenas o mercado chinês conseguiu crescer (+2 por cento em termos de unidades), enquanto a Europa Ocidental e a APAC (excluindo a China) diminuíram 6 por cento em venda de unidades. Contudo, devido à importância do desempenho e estilo de vida/premium para os consumidores, que se reflete em preços mais elevados, o mercado de notebooks aumentou 1 por cento em euros alcançando quase €18 mil milhões. O aumento de 7 por cento da China foi o que mais contribuiu para esse crescimento, enquanto a Europa Ocidental caiu 1 por cento. O resto da região APAC atuou como factor estabilizador (+1 por cento em valor), com o Vietname, a Malásia, a Indonésia, a Coreia do Sul e o Japão a contribuir para taxas de crescimento positivas.

Pavlin Lazarov, especialista da GfK para a indústria de TI, comenta: «O computador pode ter perdido a batalha para o dispositivo mais pessoal, mas no que toca a desempenho e produtividade, ainda continua a ser insubstituível. Isso explica o porquê da procura por computadores ser, frequentemente, motivada por uma necessidade especifica: para jogos e entretenimento, para a educação, para o trabalho e a criatividade, por exemplo. Simultaneamente com o desempenho, os consumidores querem o mesmo design elegante e atraente que esperam do seu smartphone. Isso aumenta a sua satisfação quando se entregam a produtos premium

Após vários anos exigentes, os media tablets (tablets com um SO móvel) apresentam um bom desempenho, crescendo 3 por cento em valor no primeiro semestre de 2019. Os Media tablets com tamanho superior a 9” continuaram o seu crescimento robusto, aumentando 12 por cento. Relativamente aos computadores de secretária/AIO, as vendas de computadores de secretária caíram 11 por cento em valor, enquanto os AIOs diminuíram 7 por cento de Janeiro a Junho de 2019, gerando 5,3 mil milhões de euros de volume de negócios total. Principalmente a China, juntamente com a Europa Central, foram os responsáveis pelo declínio de dois dígitos nos computadores de secretária, enquanto a queda de 12 por cento em valor na Europa Ocidental acelerou a queda dos AIOs.

Vamos jogar!

Após um crescimento enorme, o gaming amadureceu e, agora, representa um ecossistema completo. O mercado de hardware para gaming registou um aumento de 16 por cento, em comparação com igual período do ano anterior, (Janeiro-Junho de 2019) para alcançar mais de €5,4 mil milhões de volume de negócios (cobertura mundial excluindo a América do Norte). 

Após vários trimestres de um crescimento notável de dois dígitos, a procura por computadores de secretária OEM para jogos, entre Janeiro e Junho de 2019, foi inferior (- 4 por cento), devido principalmente a uma diminuição na China bem como a uma desaceleração na EMEA. Os notebooks OEM para jogos continuaram a sua história de sucesso e cresceram 13 por cento, gerando €3,1 mil milhões em volume de negócios. A APAC (excluindo a China) e a China contribuíram para este aumento robusto, enquanto o crescimento da EMEA foi discreto (+1 por cento). 

Os monitores gaming foram o segmento de crescimento mais rápido com um aumento de 42 por cento e um volume de negócios que alcançou €1 mil milhões para os primeiros seis meses do ano. Os periféricos para jogos (por exemplo, rato, teclado, auriculares) registou um crescimento de um dígito. Um monitor gaming custa, em média, 1,6 vezes o preço de um normal, enquanto a razão de preço entre um computador de secretária para gaming e um normal é de 2,4, o que demonstra o papel do gaming enquanto impulsionador de margem para a indústria e o retalho.

Notebooks ultra-finos e leves como padrão

A tendência para os computadores portáteis se tornarem mais finos e leves continua. Mais de metade (56 por cento) de todos os notebooks vendidos entre Janeiro e Junho de 2019 tinham uma espessura inferior a 21 mm. Isto comparativamente a 30 por cento no mesmo período de 2017 (excluindo notebooks OEM gaming). Aqueles com espessura inferior a 18 mm representam quase um terço dos notebooks no mercado (relativamente a 16 por cento em 2017). Os computadores portáteis finos estão associados a um peso inferior. No entanto, de modo a manter essa sensação premium, os dispositivos devem ser leves - mas não demasiado leves. A quota de notebooks entre 1 e 1,8 kg aumentou constantemente, alcançando mais de 53 por cento em termos de unidades na primeira metade de 2019. O peso também é afetado pelo tamanho do dispositivo. Os computadores portáteis com dimensões entre 13” e 14” ganharam ainda mais impulso no mercado B2C e representaram 46 por cento de todos os notebooks vendidos.

Notebooks para educação e para utilização criativa 

No primeiro trimestre de 2019, cerca de 38 por cento dos consumidores disseram que tinham comprado um novo notebook por motivos educacionais (Motor de Perspetivas dos Consumidores GfK). Este número elevou-se para 44 por cento durante o período de regresso à escola, realçando a importância de saber quais as necessidades dos consumidores que precisam de resposta e quando. Ao mesmo tempo, 67 por cento dos consumidores indicam as características do produto como o factor mais importante ao selecionar um notebook (Motor de Perspetivas dos Consumidores GfK).  

Como parte da enorme popularidade das plataformas de vídeo e das redes sociais, a edição de vídeo/fotos e a criação de conteúdos proliferaram. Esta tendência também pode ser observada do lado dos computadores em produtos dedicados com um foco explícito na criação de conteúdos. O âmbito vai ainda mais longe para dar resposta às necessidades profissionais de designers, fotógrafos e criativos profissionais.

Os dados da GfK mostram igualmente um forte aumento nas vendas de notebooks com um disco SSD e uma placa gráfica dedicada (os notebooks OEM gaming são excluídos), que foram vendidos a um preço médio de €853. Estes dispositivos cresceram 35 por cento em termos de valor (+38 por cento em unidades) no período de Janeiro a Junho de 2019, e geraram mais de €2,4 biliões de euros. Isto representa uma quota de 17 por cento do mercado global de notebooks. A combinação de design sofisticado e desempenho melhorado demonstrou atrair tanto a atenção como os gastos dos consumidores.

Notas aos editores

A GfK recolhe periodicamente dados de ponto de venda sobre hardware e software de TI bem como acessórios através de painéis de retalho, em mais de 50 países em todo o mundo. Desde 2014, que a GfK integrou dados de distribuidores, retalhistas e fornecedores de soluções TI numa única base de dados. Este agrupamento consistente de dados é utilizado para identificar o potencial no âmbito das cadeias de abastecimento para melhoria e maior eficiência, e para criar estratégias de distribuição competitivas e rentáveis. Todos os valores de volume de negócios no presente comunicado de imprensa baseiam-se numa taxa de câmbio fixa. Durante a IFA 2019, a GfK irá publicar comunicados de imprensa relativos a TI, TV, Smartphones, Áudio, Pequenos Eletrodomésticos, Grandes Eletrodomésticos, Casa Inteligente, Compras Sem Fronteiras e ao Mercado de Bens de Consumo Técnicos. Mais informação disponível em https://www.gfk.com/press-room/.

Encontre a GfK na IFA em Berlim, 6 - 11 Setembro 2019:

Apareça e venha falar com os nossos especialistas na IFA NEXT Hall 26 e no gabinete da GfK na IFA (Nível 4, VIP2, Großer Stern). 

   
António Salvador
Portugal   
+ 351 210 000 200
 
General