Möchten Sie zur deutschen Seite wechseln?JaNeina
Fechar
Relatório
Health|Consumer Health|Health Technology|Market Opportunities and Innovation|Consumer Life|Brazil|Portuguese (Brazil)

Monitoramento da saúde e atividade física

28.09.2016

Faça o download do estudo com resultado do Brasil e global

  • Nos 16 países entrevistados, um em cada três usuários de internet (33 por cento) atualmente monitora ou controla a saúde ou atividade física utilizando um aplicativo online ou móvel, pulseira, clip ou smartwatch
  • 5 principais países são China (45 por cento), Brasil (29 por cento), EUA (29 por cento), Alemanha (28 por cento) e França (26 por cento)
  • A análise dos resultados por faixa etária demonstra que no Brasil, o hábito é mais popular entre os entrevistados com 20 a 29 anos de idade (36%)
  • 3 principais razões para monitorar ou controlar a saúde e atividade física:

    • "Para manter ou melhorar a minha condição física/ atlética" (55 por cento)
    • "É uma motivação para me exercitar" (50 por cento)
    • "Para melhorar o meu nível de energia" (35 por cento)

A GfK pesquisou entre mais de 20 mil usuários de internet de 16 países, o hábito de monitorar a saúde e atividade física com pulseira, clip, relógio inteligente ou aplicativo móvel, bem como as razões que motivam as pessoas a fazerem esse acompanhamento.

Faça o download do estudo

Infográfico - média global

Infográfico - resultado por país

Confira o press release do estudo

Sobre o estudo

A GfK conduziu a pesquisa online com mais de 20.000 consumidores de mais de 15 anos de idade, em 16 países. O trabalho de campo foi concluído entre junho e agosto de 2016. Os dados foram ponderados para refletir a composição demográfica da população online com mais de 15 anos em cada mercado. A pesquisa foi feita na Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Itália, México, Holanda, Rússia, Coreia do Sul, Espanha, Reino Unido e EUA.

Fale conosco
General